Festas da Maia 2014

As Festas da Maia 2014 realizam-se entre 29 e 31 de Agosto, no lugar da Maia, Santo Espírito, Santa Maria.

Este ano o cartaz é o seguinte:

29 de Agosto 30 de Agosto 31 de Agosto
21h00 Encontro de Folclore

  • Grupo Folclórico da Casa do Povo de Santo Espírito
  • Grupo Folclórico da Casa do Povo de Almagreira
  • Grupo de Danças e Cantares Almagre
  • Grupo de Danças e Cantares Regionais da Feira
22h00 VIRUJ

23h00 Nova Geração

00h00 DJ Helder F

 

14h00 Atividades Desportivas

Festas-da-Maia


Maia Branca

Festa Branca na Maia, dia 16 de Agosto no recinto de jogos da Piscina da Maia, organização Amigos da Maia.

A partir das 23h00 Dress code BRANCO

DJ T-Figs

DJ Carloz Afonzo

DJ Parrika

Entrada: 2€

Marca já na tua agenda e vem divertir-te!

Maia-Branca-16-Agosto


VIII edição Festival Maia Folk

VIII edição Festival Maia Folk realiza-se entre 11 e12 de Julho no lugar da Maia.

No dia 11 de Julho pode ver:

Myrica Faia [Açores]

Tanira [Continente]

Dia 12 de Julho sobem ao palco:

Realejo [Continente]

Os Cempés [Galiza]

Este ano continua activa a caneca ecológica e o sistema de transporte de acesso à Maia para assistir ao VIII Festival Maia Folk.

 

As Bandas

Os Myrica Faya “Aquilo que inicialmente parecia ser apenas uma brincadeira descomprometida, transformou-se numa ideia sólida, uma ideia que adoptou o nome de Myrica Faya.
Cinco amigos com diferentes origens musicais decidiram centrar-se na música tradicional açoriana e na sua raiz mais profunda. Estava encontrada a matriz. A esses temas, muitos dos quais com uma riqueza melódica inebriante, juntaram-se as mais diversas influencias e estilos musicais.
Cada tema do reportório dos Myrica Faya é o resultado de um longo processo de pesquisa, desconstrução, amadurecimento e recriação. Todo este processo é uma forma de homenagear a música que faz parte da identidade cultural de cada açoriano. Por outro lado, a nova abordagem que é feita a cada tema, procura não deixar indiferente quem escuta e quem desde cedo se habituou a ouvir temas como a Charamba, a Lira , a Chamarrita ou a Saudade, apenas tocados por grupos etnográficos e de folclore, verdadeiros repositórios da nossa cultura musical.”

Tanira é uma banda portuguesa de folk, um caldeirão onde se fundem ainda outras sonoridades como o rock e a música do mundo, produto das diferentes influências e experiências musicais dos seus elementos.
Criada em 2008, a actual formação divide-se por instrumentos como a vozes, violino,flautas, uilliann pipe (gaita irlandesa), bouzouki, guitarra, guitazouki, baixo, percussão e bateria.”

Os Realejo “Criado em Coimbra, em 1990, o grupo Realejo combina sonoridades da música tradicional portuguesa e europeia. Daqui resulta um trabalho de excelência que conta com instrumentos acústicos e tradicionais, alguns deles criados por um dos seus elementos, Fernando Meireles.”

Os Cempés provenientes da Galiza, contam com mais de 20 anos de existência. Cempés (Centopéia) apresentam-se como grupo formal (embora de formais não tenham nada) em Cedeira, em um festival beneficente organizado pela Associação Robaleira. Depois viriam o 5 º Festival Cidade Velha de Compostela, onde atingiram 1 º Prémio da secção de composição, após o 15 º Festival Irmandinho, o festival Le Primtemps de la Cornamusa (saiuFrança) tendo participado na gravação do seu CD comemorativo, a XI Festa da Carvalheira de Zas, a 6 ª edição do prmio Cidade Velha, o 7 º ciclo de música tradicional de Jerez, a Esmorga Folco de Bandeira, apresentações em Aranjuez, Potes (Cantábria), sempre indo para o meio ambiente dos Cempés: romarias, festas populares, bares

Maia-Folk-2014


Amigos da Maia – Convocatórias

Caro Amigo da Maia
No dia 15 de março de 2014 realizar-se-á, de acordo com estatutos da Associação “Os Amigos
da Maia”, a Assembleia Geral de Sócios para apresentação de contas referente ao ano de 2013
e também para eleição dos novos corpos sociais para o triénio 2014/2017.
Por motivos pessoais e profissionais dos elementos da atual direção, estes não irão apresentar
recandidatura.
A Associação “Os Amigos da Maia” tem tido ao longo dos últimos 17 anos um papel ativo,
intervindo em todas as questões relacionadas com este local classificado como Reserva
Natural da ilha de Santa Maria e Sítio de Interesse Comunitário, reivindicando junto das
entidades competentes a proteção da orla costeira da Maia, a proteção do património
edificado da vinha, a proteção do património edificado baleeiro, e ainda a manutenção da
Piscina Natural da Maia.
Para além disso, tem tido um papel importante como agente cultural da ilha de Santa Maria,
organizando entre outros eventos o já reconhecido Festival Maia Folk, que em 2013 completou
sete edições. Este festival tem-se realizado no segundo fim de semana de julho, tendo já
levado o nome de Santa Maria além fronteiras, contribuindo assim para a sua dinamização
cultural e turística.
Infelizmente e após alguns esforços da atual direção em encontrar sucessão, não se perspetiva
a continuidade destes projetos se até ao próximo dia 15 de março não for apresentada uma
lista de corpos sociais em Assembleia Geral.
Cada vez mais o movimento associativo é necessário na nossa sociedade e nesse sentido “Os
Amigos da Maia” tem sido um bom exemplo. Por isso mesmo apelamos a todos os sócios e
amigos da Maia em geral que se unam, que se aproximem e que lutem pelos interesses da
Maia continuando a fazer da Maia um dos locais mais lindos dos nossos Açores.
É também importante referir que a Associação “Os Amigos da Maia” está financeiramente
saudável e que continuam disponíveis os apoios governamentais para os projetos a que
habitualmente a associação se propõe. Para além disso, dispõe hoje em dia de um conjunto de
infraestruturas e meios que contribuem para um bom desempenho da Associação, como por
exemplo a recém-construída sede, junto à piscina da Maia.
A direção

Convocatória

Nos termos do artigo 20º e para efeitos do número 1 do artigo 18º. dos
Estatutos da Associação “Os Amigos da Maia”, convocam-se todos os
sócios para a Assembleia Geral Ordinária, que se realizará no dia 15 de
Março de 2014, sábado, na sua sede à Calheta – Santo Espírito, pelas
19:30hrs, com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Apreciação e votação do Relatório e Contas da Direcção e
Parecer do Conselho Fiscal;

2. Demais assuntos de interesse associativo.

2ª Convocatória

Se à hora marcada não se verificar o quórum suficiente – mais de
metade dos sócios com direito a voto ou seus representantes
devidamente credenciados – a Assembleia Geral reunirá com qualquer

número de sócios, meia hora depois, de acordo com o artigo 21º. Nº. 2
dos supracitados Estatutos.

Calheta – Santo Espírito, 18 de Fevereiro de 2014

O Presidente da Assembleia Geral

Rui Melo

________________________

Convocatória

Nos termos do artigo 20º e para efeitos do número 3 alínea a) do artigo
18º dos Estatutos da Associação “Os Amigos da Maia”, convocam-se
todos os sócios para a Assembleia Geral Eleitoral, que reunirá
ordinariamente no dia 15 de Março de 2014, sábado, na sua sede –
Escola da Calheta – Santo Espírito, pelas 21:00hrs, com a seguinte ordem
de trabalhos:

Eleição da Mesa da Assembleia-geral, da Direcção e do
Conselho Fiscal.

A assembleia eleitoral estará aberta das 19:30hrs às 20:30hrs na
respectiva sede social.

Se à hora marcada não se verificar o quórum suficiente – mais de
metade dos sócios com direito a voto ou seus representantes
devidamente credenciados – a Assembleia Geral reunirá, em segunda
convocatória, com qualquer número de sócios, meia hora depois, de
acordo com o artigo 21º. nº 2 dos supracitados Estatutos.

Santo Espírito, 18 de Fevereiro de 2014

O Presidente da Assembleia Geral

Rui Melo


Convocatória Amigos da Maia

Assembleia Geral Ordinária, 26 de Outubro de 2013, pelas 19h30, na sede da Associação sita ao lugar da Calheta, freguesia de Santo Espírito..

Ordem de trabalhos:

  1. Apresentação e votação orçamento para 2014
  2. Apresentação e votação do relatório de atividades para 2014
  3. Deslocalização da Sede da Associação

Se não conseguir visualizar o ficheiro abaixo clique AQUI.

(Alguns Browsers não suportam ficheiros PDF)

Para ampliar favor clicar em  no canto superior direito do documento

Amigos da Maia