Category Archives: Regional

Mudança para Hora de Verão adiante 60 minutos

A 26 de Março de 2017 os relógios devem ser adiantados em uma hora das 00:00 para as 01:00 horas, na passagem de 25 para 26 de Março, para a chamada hora de verão .

Região Autónoma dos Açores Decreto Legislativo Regional nº 16/96/A, de 1 de Agosto Artigo

1º – A hora legal dos Açores coincide com o tempo universal coordenado (UTC) diminuído de sessenta minutos no período compreendido entre a 1 hora UTC do último domingo de Outubro e a 1 hora UTC do último domingo de Março seguinte (período da hora de Inverno) e coincide com o tempo universal coordenado no período compreendido entre a 1 hora UTC do último domingo de Março e a 1 hora UTC do último domingo de Outubro seguinte (período da hora de Verão). Art. 2º As mudanças de hora efectuar-se-ão adiantando os relógios de sessenta minutos á 1 hora UTC (0 h de tempo legal) do último domingo de Março e atrasando-os de sessenta minutos à 1 hora UTC (1 hora de tempo legal) do último domingo de Outubro seguinte.

 


Brigadas de Salvamento do Cagarro – 2016

sos-da-campanha-16SOS Cagarro

Em 1993, iniciou-se a campanha “As Escolas e o Cagarro” coordenada pelos Amigos dos Açores – Associação Ecológica em colaboração com o Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores e com o apoio da Secretaria Regional da Educação e Cultura.

Em 1995, esta iniciativa deu origem à campanha “SOS Cagarro” que decorre até aos dias de hoje, promovida pelo Governo dos Açores, contando com a colaboração de diversas entidades em todas as ilhas dos Açores, entre elas as associações Amigos dos Açores, os Amigos do Calhau e o Clube dos Amigos e Defensores do Património Cultural e Natural de Santa Maria (CADEP-CN).

Os Amigos dos Açores – Associação Ecológica, os Amigos do Calhau e o CADEP-CN pretendem, à semelhança do ano transacto, sensibilizar a população e incentivá-la para a importância a participação pública no salvamento desta espécie protegida.

Divulgamos o plano de acção para as Brigadas de Salvamento de Cagarros 2016.

A exemplo dos anos anteriores, assim que se justifique, realizaremos brigadas de salvamento, diariamente, às 21h00m em três locais, no caso da ilha de São Miguel:

– Parque de estacionamento da Praia do Pópulo (troço entre Feteiras a Santa Cruz da Lagoa), em colaboração com Associação Amigos do Calhau

Habituais coordenadores: José Pedro Medeiros, Eduardo Santos e Diogo Caetano

– Poços de São Vicente (troço Santo António a Calhetas)

Habituais coordenadores: Rui de Sousa

– Palheiro da Ribeira Grande (troço Ribeira Grande e Calhetas)

Habituais coordenadores: Luís Noronha Botelho e David Santos

– Ilha de Santa Maria

Habituais coordenadores: José Melo

No caso da ilha de Santa Maria, onde a actividade decorrerá em colaboração com CADEP-CN, combinar distribuição de voluntários com José de Melo.

Qualquer animal recolhido poderá ser entregue nos postos da PSP, que funcionarão como postos de recolha.

CONTACTOS SÃO MIGUEL:

Parque Natural de São Miguel: 296 206 700 (disponível das 9h às 17h); 912 177 542(disponível das 9h às 23h)
GNR Central – 962 095 180 (disponível 24h)
EUROSCUT – 911 016 267 / 296 120 014 / 296 929 304 (para o caso de cagarros caídos na via rápida)

CONTACTOS SANTA MARIA:

Parque Natural de São Miguel: 296 206 790 (disponível das 9h às 17h); 916 497 707(disponível das 9h às 24h)
GNR Central – 296 886 707 (disponível 24h)

A exemplo dos anos anteriores, todas as ocorrências serão registadas online (https://goo.gl/rXF2Zz ).

Agradece-se que os voluntários disponíveis, sempre que possível, informem previamente a sua comparência nos locais das brigadas para amigosdosacores@amigosdosacores.pt ou para a sede da Associação (296498004) ou algum dos coordenadores, indicando o local de colaboração.


Aviso Meteorológico 104/2016 Grupo Oriental

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu o seguinte aviso:

Na sequência do comunicado anterior, emite-se:

*** PARA O GRUPO ORIENTAL ***

— Aviso VERMELHO referente a:

AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

No período entre as 16UTC de 2016-10-23 e as 06UTC de 24-10-2016

Ondas de norte de 9 a 10 metros de altura significativa, podendo atingir os 18 metros de altura máxima

(especialmente na costa norte ).

— Aviso LARANJA referente a:

AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

No período entre as 08UTC de 2016-10-23 e as 16UTC de 23-10-2016

Ondas de noroeste de 7 a 9 metros de altura significativa (especialmente na costa norte).

— Aviso AMARELO referente a:

VENTO relativo a Rajada Máxima

No período entre as 08UTC de 2016-10-23 e as 09UTC de 24-10-2016

Vento Forte do quadrante Norte com rajadas até 100 km/h.

Fonte: http://www.prociv.azores.gov.pt/noticias/avisos/ver.php?id=720

 


Confirmada abundância de peixe em áreas de reserva à pesca nos Açores

Fonte: Açores 24 Horas

Dados preliminares da missão científica ‘As ilhas dos Açores – o segredo mais bem guardado do Atlântico’, financiada pelas fundações Waitt e Oceano Azul, que decorreu desde 9 de setembro nas ilhas de S. Miguel e Santa Maria e nas Formigas, revelam “uma diferença significativa nas abundâncias de peixe e de outras espécies de vida marinha dentro e fora das áreas marinhas protegidas”, apontando, como exemplo, as áreas de reserva à pesca de Santa Maria, alargadas recentemente.

A revelação foi feita por Fausto Brito e Abreu, em Ponta Delgada, durante uma visita ao navio ‘Plan B’, que esteve envolvido nesta expedição oceanográfica com o objetivo de realizar um levantamento científico do estado de conservação da biodiversidade marinha e produzir um documentário para divulgar a biodiversidade marinha dos Açores.

Para o Secretário Regional do Mar, os primeiros resultados desta expedição constituem uma “validação do trabalho do Governo dos Açores no que respeita à criação de zonas protegidas”, salientando “o papel importante dos pescadores, que contribuíram para a sua criação”.

“As áreas de reserva à pesca são importantes não só para o turismo marinho, mas também para a pesca porque servem de zonas de maternidade” que permitem o repovoamento de zonas de pesca, frisou. 

Brito e Abreu afirmou também que os dados desta expedição “são muito úteis para validar o modelo adotado nas ilhas onde já existem áreas marinhas protegidas”, incentivando os pescadores que “se queiram organizar para propor áreas marinhas protegidas” nas ilhas em que ainda não existem.

O Secretário Regional do Mar salientou, por outro lado, que “os dados científicos que emergem desta expedição são úteis para alguns projetos que estão a decorrer na Universidade dos Açores” e que agora beneficiam de informação adicional, salientando a importância deste projeto no que respeita “à divulgação e à sensibilização para questões ligadas ao ambiente marinho e à promoção dos Açores como um destino de excelência” para turismo de natureza.

No âmbito desta campanha, na qual participaram cinco cientistas da Região, procedeu-se à marcação de espécies pelágicas em colaboração com os projetos em curso no IMAR, no MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente e na Universidade dos Açores.

Os resultados desta missão serão entregues aos governos da Região e da República sob a forma de um relatório científico com informação sobre o estado atual de conservação dos valores naturais estudados no Grupo Oriental dos Açores, a eficácia das atuais áreas de proteção, bem como o eventual interesse na expansão dessas áreas ou na criação de novas zonas de proteção.

O documentário, com uma duração prevista de cerca de 20 minutos, será divulgado pelas fundações Waitt e Oceano Azul, dando a conhecer ao grande público os principais aspetos dos trabalhos desenvolvidos durante a expedição, bem como dos ambientes marinhos dos Açores.

Plan B

IMO: 1007914
MMSI: 319075000
Indicativo: ZCND5
Bandeira: Cayman Is [KY]
AIS Tipo: Pleasure Craft
Tonelagem Bruta: 746
Porte bruto: 850 t
Comprimento de fora a fora (LOA) x Largura extrema: 49.07m × 10.2m
Ano de construção: 1973

Read more at http://www.marinetraffic.com/pt/ais/details/ships/shipid:385090/mmsi:319075000/imo:1007914/vessel:PLAN_B/_:d0ed6bdb8301a00572fbb921ec25d447#letF8J1526k8l9Aw.99


Furacão Gaston passa a Tempestade Tropical

Actualizado 02-09-2016 às 09h50

Aviso Meteorológico 82/2016

  • 02, Setembro de 2016 às 09:50

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu o seguinte aviso:

O furacão Gaston diminuiu de intensidade, encontrando-se agora como tempestade tropical a aproximadamente 500 km a oeste do Faial, com deslocamento para E a 24 km/h, devendo atingir o arquipélago dos Açores a partir do meio dia de hoje, afectando as ilhas dos grupos Ocidental e Central.

Mantém-se, assim, os níveis de alerta do aviso anterior:

*** PARA O GRUPO OCIDENTAL ***

— Aviso LARANJA referente a:

VENTO relativo a Velocidade Média e Rajada Máxima

No período entre as 12UTC de 2016-09-02 e as 00UTC de 2016-09-03

Direcção de Sul rodando para Noroeste.

PRECIPITAÇÃO

No período entre as 12UTC de 2016-09-02 e as 00UTC de 2016-09-03

AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

No período entre as 12UTC de 2016-09-02 e as 00UTC de 2016-09-03

Ondas de sudoeste.

— Aviso AMARELO referente a:

AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

No período entre as 09UTC de 2016-09-02 e as 12UTC de 2016-09-02

Ondas de sudoeste.

VENTO relativo a Velocidade Média e Rajada Máxima

No período entre as 00UTC de 2016-09-03 e as 06UTC de 2016-09-03

Direcção de Sul rodando para Noroeste.

PRECIPITAÇÃO

No período entre as 00UTC de 2016-09-03 e as 06UTC de 2016-09-03

 

*** PARA O GRUPO CENTRAL ***

— Aviso LARANJA referente a:

VENTO relativo a Velocidade Média e Rajada Máxima

No período entre as 18UTC de 2016-09-02 e as 06UTC de 2016-09-03

Direcção de Sul rodando para Sudoeste.

— Aviso AMARELO referente a:

PRECIPITAÇÃO

No período entre as 21UTC de 2016-09-02 e as 12UTC de 2016-09-03

AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

No período entre as 18UTC de 2016-09-02 e as 06UTC de 2016-09-03

Ondas de sudoeste.

VENTO relativo a Velocidade Média e Rajada Máxima

No período entre as 06UTC de 2016-09-03 e as 12UTC de 2016-09-03

Direcção de Sul rodando para Sudoeste.

Gaston-02-09-2016-02h00 Gaston-02-09-2016-02h00-grafico


Furacão Gaston aproxima-se dos Açores

Clique AQUI para ler actulizações…

O centro do furacão Gaston encontrava-se pelas 09h(UTC) a aproximadamente 1300 km a oeste do Faial, com deslocamento para ENE a 31 km/h, devendo atingir o arquipélago dos Açores como tempestade tropical a partir do meio dia de amanhã, afectando as ilhas dos grupos Ocidental e Central. Assim, emite-se:

*** PARA O GRUPO CENTRAL ***

— Aviso LARANJA referente a:

VENTO relativo a Velocidade Média e Rajada Máxima

No período entre as 18UTC de 2016-09-02 e as 06UTC de 03-09-2016

Direcção de Sul rodando para Oeste, com rajadas até 110 km/h.

 

— Aviso AMARELO referente a:

PRECIPITAÇÃO

No período entre as 00UTC de 2016-09-03 e as 12UTC de 03-09-2016

 AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

No período entre as 03UTC de 2016-09-03 e as 09UTC de 03-09-2016

Ondas de Sudoeste passando a Oeste até 6 metros.

*** PARA O GRUPO OCIDENTAL ***

— Aviso LARANJA referente a:

VENTO relativo a Velocidade Média e Rajada Máxima

No período entre as 09UTC de 2016-09-02 e as 18UTC de 02-09-2016

Direcção de Sul rodando para Norte, com rajadas até 110 km/h.

PRECIPITAÇÃO

No período entre as 12UTC de 2016-09-02 e as 00UTC de 03-09-2016

AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas

No período entre as 15UTC de 2016-09-02 e as 21UTC de 02-09-2016

Ondas de Sudoeste passando a Oeste até 8 metros.

Medidas de Auto-Proteção:O SRPCBA recorda que o eventual impacto dos efeitos pode ser minimizado, através da adoção de comportamentos adequados, pelo que se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de auto-proteção.

PRECIPITAÇÃO
• Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas e a retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento.
 
• Estar atento às informações e indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.
VENTO
• Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, como, andaimes ou placards e outras estruturas montadas ou suspensas.
• Manter limpos os seus sistemas de drenagem e consolidar telhados, portas e janelas.
• Estar atento às informações e indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.
AGITAÇÃO MARÍTIMA
• Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas.
• Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar.
• Estar atento às informações e indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança

 Furacão-Gaston1-9-2016


Carta por pontos o essencial

Em breve entra em vigor um sistema de pontos para as cartas de condução, o que deve saber para não sofrer dissabores.

Informação mais detalhada em  www.ansr.pt [http://www.ansr.pt]

Divulgue para que mais condutores estejam informados.

Ficheiro PDF AQUI

Carta-por-pontos


WordPress SEO fine-tune by Meta SEO Pack from Poradnik Webmastera