Category Archives: Receitas

Licor de Anis

O licor de anis é muito doce e menos espesso que o Anis Cristalizado, para a sua preparação deve:

Colocar numa infusão durante uma semana 25 gramas de grãos de anis, inteiros, dentro de 1 litro de álcool a 90º. Passada a semana de infusão prepara-se 1 xarope com 1 quilograma de açúcar em 1 litro de água. Deixa-se repousar alguns dias e filtra-se este preparado com filtros de papel directamente para as garrafas.

Anis


Como conservar pimentas

Para conservar pimentas em frascos esterilizados e hermeticamente fechados, utilize a seguinte calda:

1/2 Chávena de água

3 Chávenas de vinagre branco

1 Chávena de açúcar

4 Colheres de sal

1 Chávena de óleo.

Levar tudo ao lume a ferver durante 5 minutos.

Colocar previamente as pimentas nos frascos e cobrir com o preparado que ferveu, fechar bem os frascos.

Pimentas-de-conserva-santa-maria-açores


Licor de Laranja

Em Janeiro é tempo de laranjas nos pomares marienses, época propícia ao fabrico de licor caseiro deste fruto da época.

Ingredientes:

  • 6 laranjas
  • 1 lt de aguardente
  • 1 lt de água
  • 1,5 kg de açúcar

Preparação:
1. Depois das laranjas lavadas, corte-as em pedaços.

2. Coloque as laranjas num frasco daqueles de conserva com tampa e vedante, regue-as com a aguardente até ficarem cobertas e agite bem.
Feche hermeticamente o frasco e deixe-o repousar durante 2 meses.

3. Passado os 2 meses abra o frasco e passe a aguardente por uma rede fina ou pano.
Deixe de parte a aguardente e coloque a água dentro do frasco para lavar as laranjas.
Mexa bem para aproveitar todo o sabor da laranja.

4. Coar a água para dentro de um tacho e junte o açúcar à água.
Leve ao lume e mexa.
Deixe ferver até atingir o ponto pérola.
Passado cerca de 15 minutos desligue o lume.
(Para atingir o ponto pérola, o açúcar deverá cair em gotas quando colocar a colher sobre o mesmo.)
Deixe arrefecer.

5. Depois da calda fria, junte a aguardente e misture muito bem.
Por fim, coloque o licor em garrafas.

Não se esqueça beba com moderação e partilhe connosco.

 

Fonte e fotos: Sabor Intenso

Licor-de-laranja


Lapas Grelhadas

Receita tirada do Facebook

Ingredientes:
1 Kg de lapas
manteiga Milhafre q.b.
6 dentes de alho picado
1 colher de sopa (rasa) de massa malagueta

 

Preparação:
Limpam-se as lapas, se necessário, raspando com uma faca eventuais vestígios de algas. Dispõem-se num tabuleiro e levam-se ao forno até descolarem das conchas, ficando com aspecto de estarem pousadas nas mesmas.
Enquanto isso, num tacho faz-se o molho. Coloca-se a manteiga, os alhos picados e a massa malagueta e vai ao lume, levantar fervura.
Quando as lapas estiverem prontas (descoladas da concha), retiram-se do forno e regam-se, individualmente, com uma colher de molho. Serve-se de imediato acompanhadas com pão de milho e bom vinho de cheiro de Santa Maria.

Lapas_grelhadas


Folares de Páscoa

Estamos em tempo de Páscoa, que significa passagem, e hoje passamos a receita de folares de Páscoa aos nossos leitores e leitoras, esta é uma receita tradicional da época que se avizinha, era tradição os padrinhos presentearem os afilhados com um folar, nesta época festiva, em que se celebra a Ressurreição de Cristo.

 

Ingredientes:

900 Gramas de Farinha

40 Gramas de fermento de padeiro

180 Gramas de Açúcar

3 Ovos

125 Gramas de Manteiga

Sumo de uma Laranja grande

200 Mililitros de Leite morno

Sal fino q.b.

3 Ovos cozidos

1 Ovo batido para pincelar

Farinha para pincelar

Preparação:

Num alguidar, desfaça o fermento no leite morno.
Junte a farinha, os ovos, uma pitada de sal fino, o açúcar, a manteiga, o sumo de laranja,
Amasse muito bem .
Cubra o alguidar com um pano e deixe levedar em local quente durante 1 hora e meia.

Depois polvilhe a bancada com bastante farinha.
Deite a massa sobre a bancada, polvilhe com farinha e amasse muito bem até deixar de colar nas mãos.
Se necessário, acrescente mais farinha.
Forme uma bola com a massa e divida em três partes iguais.
Tenda cada parte em forma de pão
Coloque num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha.
Coloque os ovos cozidos no centro e acalque bem para ficarem bem presos à massa.
Pincele a massa com o ovo batido.
Amasse um pouco de massa e faça com ela tiras finas.
Coloque 2 tiras em cruz sobre o folar.
Pincele novamente com o ovo batido.

Leve ao forno pré-aquecido nos 180º entre 45 a 55 minutos.

Bom Apetite.

Foto da Internet, direitos reservados

 


Receita de Molhos de Santa Maria

Há algum tempo que procurava a receita dos famosos molhos de Santa Maria, mas ao bom estilo mariense a receita passa de geração em geração e por isso ninguém se preocupa em colocá-la no papel. Por este motivo existem ligeiras diferenças na sua confecção de freguesia para freguesia.

A receita que nos facultaram tem estado na família à algumas gerações, as quantidades apresentadas são para uma pequena quantidade, para cerca de 4 a 6 pessoas, podendo ser obviamente aumentada proporcionalmente às necessidades de cada um.

Ingredientes:

1 Kg de Carne de Porco

200 Gramas de Arroz Agulha

Salsa Picada q.b.

1 Cebola Picada

Sal q.b.

Pimenta a gosto

1 Pitada de Erva Doce

1 Colher das de sopa de Colorau

3 Dentes de Alho Picados

Sumo de meio limão

Bucho de porco, ou peles de porco.

Preparação:

Picar a carne em pequenos cubos com cerca de 1,5cm a 2 cm.

Num alguidar misturam-se todos os ingredientes. Ratificam-se os temperos.

No bucho de porco previamente limpo, bem lavado e desinfetado com bastante sumo de limão, deve ser lavado num alguidar com sumo de limão, farinha de milho e folha de milho (Folheiro).  Ou em alternativa em peles de porco, cortadas em retângulos grandes que se cosem com linha para formar um pequeno saco. Estes “sacos” enchem-se com a mistura previamente preparada, deixando folga suficiente para o arroz crescer durante a cozedura, sem rebentar o saco.

Na falta de bucho ou peles, pode envolver-se em folha de couve atada com barbante.

Cozem-se em água temperada de sal que depois podem ser cortadas em fatias e frito.

Habitualmente é servido acompanhado de batata doce.

Bom apetite!


Analgésico Natural [Gengibre]

Durante séculos o Gengibre tem sido usado na Ásia para tratar dores nas articulações, gripes, tosse, ressaca, indigestão, etc. O Gengibre cru ou cozinhado pode ser um analgésico eficaz, mesmo para condições inflamatórias como a artrite.

Prepare um chá de Gengibre e Mel.

Quatro copos de água;

Um pedaço de aproximadamente 5 cm de Gengibre descascado e cortado em fatias;

Limão e mel a gosto. Pode trocar o limão por laranja!

Ferva a água numa em lume forte. Assim que começar a fervura adicione as fatias de Gengibre, deixe em lume brando, com a panela tapada para que os vapores não saiam, deixe ferver aproximadamente 15 minutos. O chá está pronto! Basta coar, e adicionar o mel e o limão ou a laranja.

Gengibre


WordPress SEO fine-tune by Meta SEO Pack from Poradnik Webmastera